Música para os meus ouvidos: Fresno <3

Em janeiro comecei uma vibe de nostalgia. Comecei a lembrar das músicas que eu ouvia na minha época pré adolescente/adolescente e bateu uma saudade gostosinha. Como pra maioria das pessoas, essa foi uma fase bem complicada pra mim. Por um momento eu pensei que eu deveria gostar das mesmas músicas que todo mundo, dos mesmos programas e dos mesmos lugares. Eu pensava que eu deveria ser como todo mundo pra ser legal… Mas isso é uma história longa e deixarei para outro dia.

Uma das bandas que eu escutava muito era a Fresno. Eu viajava na letra, na melodia e achava que o Lucas e o Tavares faziam a melhor dupla de principal e segunda voz. Recentemente eles lançaram o clipe da música Acordar e percebi o quanto eu ainda gostava deles e que a essência da banda continuava a mesma.

  • Acordar

“O sol vai me invadir/vai me limpar por dentro/pra eu nunca mais viver um só dia cinzento (…) E todo dia vai ser pra sempre um recomeço/eu me deixei pra trás/pra nascer na sua vida.”

  • Infinito

“E a gente é pequeno demais/na imensidão das galáxias (…) Lá pode ter um novo amor pra eu viver/quem sabe uma nova dor pra eu sentir/a droga é certa pra fazer te esquecer/vai apagar a tua marca de mim/tudo pode estar lá e eu aqui.”

  • Sobrevier e Acreditar

“Desde a infância eu precisei lutar/são monstros que eu sempre tento exorcizar/eles estão aqui em mim (…) e a cada derrota, levantar pra recomeçar.”

  • Desde Quando Você se Foi

“Perdi a razão ao encontrar você e as minhas palavras se misturam num mar de falsas canções.”

  • Diga (parte 2)

“Tira a maquiagem pra que eu possa ver/aquilo que você se esforça pra esconder.”

  • Manifesto

“A gente vive na guerra, a gente luta por paz/a gente pensa que sabe, mas nunca sabe o que faz (…) a gente finge que vive até o dia de morrer/e espera a hora da morte pra se arrepender de tudo (…) Só existe uma maneira de se viver para sempre irmão/que é compartilhando a sabedoria adquirida e exercitando a gratidão, sempre/é o homem entender que ele é parte do todo.”

Mas logo eu aprendi que não é vergonha ser você mesmo e gostar do que te agrada ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s