Resenha: A Tormenta de Espadas

Oi, leitores ❤ Hoje é dia de resenha de mais um livro da série As Crônicas de Gelo e Fogo. Ainda não li o último livro mas posso dizer que até agora A Tormenta de Espadas foi o meu favorito ❤

13579834_992544934195489_1259697425_o

  • Autor: George R. R. Martin
  • Editora: Leya
  • Páginas: 840

Sinopse: Enquanto os Sete Reinos estremecem com a chegada dos temíveis selvagens, que atravessam a Muralha numa maré interminável de homens, gigantes e terríveis bestas, Jon Snow, o Bastardo de Winterfell, que se encontra entre eles, divide-se entre sua consciência e o papel que é forçado a desempenhar. Robb Stark, o Jovem Lobo, vence todas as suas batalhas, mas será que conseguirá vencer os desafios que não se resolvem apenas com a espada? Arya continua a caminho de Correrrio, mas mesmo uma garota tão destemida como ela terá grande dificuldade em ultrapassar os obstáculos que surgem em seu caminho. Na corte de Joffrey, em Porto Real, Tyrion luta pela vida, depois de ter sido gravemente ferido na Batalha da Água Negra; e Sansa, livre do compromisso com o homem que agora ocupa o Trono de Ferro, precisa lidar com as consequências de ser a segunda na linha de sucessão de Winterfell, uma vez que Bran e Rickon foram dados como mortos. No leste, Daenerys Targaryen navega em direção às terras de sua infância, mas antes ela precisará aportar nas desprezíveis cidades dos escravagistas. Porém a menina indefesa agora é uma mulher poderosa. Quem sabe quanto tempo falta para se transformar em uma conquistadora impiedosa? Todo o território continua a ferro e fogo.

Acho que nunca falei tanto ‘eita’ durante uma leitura. Chorei, fiquei angustiada, ansiosa, fiz dancinha de alegria, gritei, pulei, fiquei sem palavras e surtei! Simplesmente um turbilhão de emoções em 840 páginas. Ao contrário de A Fúrias dos Reis, onde eu fiquei completamente tensa e com medo de cada capítulo, A Tormenta de Espadas, me deixou completamente empolgada e ansiosa. Ansiosa por vingança e com vontade de que alguns personagens morressem de forma lenta, dolorosa e humilhante (risada maligna aqui).

Jamie e Daenerys foram os personagens que mais me surpreenderam nesse livro. Jamie tem alguns capítulos nesse livro e foi muito bacana ver que ele não é farinha do mesmo saco que a Cersei. Não estou tentando justificar nenhuma das maldades que ele fez, apenas que ele é mais humano que a irmã. Daenerys finalmente virou a mulher que eu esperava em A Fúria dos Reis. A sinopse não poderia ser mais clara: ela ‘agora é uma mulher poderosa’. 

Eu fiquei ainda mais apaixonada pelo Tyrion e se eu fosse uma personagem da série, queria casar com ele e amá-lo a vida toda ❤ Ele é um personagem fantástico e está ótimo nesse livro. Arya continua maravilhosa. Destemida, guerreira e corajosa. E sempre que eu penso que ela vai desistir, que ela chegou ao limite, ela mostra que estou completamente errada. Robb também é um personagem maravilhoso e continua me surpreendendo. E Jon foi um dos que me deixou sem palavras.  Ah, esses Stark ❤

O amadurecimento de todos os personagens em geral, está fantástico. Esse livro é fantástico! Como já disse outras vezes, George é brilhante em sua escrita e esse livro me ganhou de vez. Tanto pelo desenvolvimento dos personagens e da história (que foi bastante surpreendente) quanto pela naturalidade com que ele escreveu. Eu fiquei tão imersa na leitura que me sentia como uma personagem. Os sentimentos estavam á flor da pele.

Não consigo falar muito sobre esse livro sem dar spoilers pois ele é só surpresas. Cada coisa que acontece que você termina a leitura no chão. Sobre a comparação com a série, cada vez mais as coisas vão se diferenciando, mas sem deixar de ser semelhante. Apenas alguns detalhes se diferenciam que talvez vão fazer uma grande diferença lá na frente, como a morte de alguns personagens na série que estão vivos nos livros. George disse que ao final da série (livro), acontecerá uma grande reviravolta que inclui um desses personagens. O 3° livro não foi correspondido em sua totalidade na série, até porque é o maior livro até agora. Ele pega um pouquinho da 4 ° temporada. Só nos resta aguardar e assistir e ler essa série maravilhosa ❤

Primeiras impressões: O Destino das Sombras

Oi, leitores ❤ Hoje vim compartilhar com vocês minhas primeiras impressões do livro O Destino das Sombras da Gabrielle Mammana.

Banner-Facebook-Destino-das-Sombras

  • Autora: Gabrielle Mammana
  • Editora: Arwen
  • Páginas: 283

Sinopse: Lucy acreditava ser apenas mais uma órfã inglesa que vivia na miséria e nas sombras de sua irmã mais velha, até que, sob circunstâncias misteriosas, acaba sendo sequestrada por dois jovens que a levam para uma Ilha chamada Zarton. Sem entender exatamente o motivo, Lucy percebe-se no meio de uma aventura envolvente e alucinante, onde o que está em jogo é a sua vida. Confusa com todos os acontecimentos que passam a fazer parte de sua rotina, ela se vê apaixonada por Alec, um jovem que decide ajudá-la e se torna amiga de Aphri, uma garota tagarela e divertida. Viajando pelas terras errantes de Zarton, Lucy descobre que sua mãe biológica é a rainha usurpadora do trono e que pretende oferecê-la em um sacrifício, uma vez que ela é a princesa perdida de Zarton. Ela também terá que aprender a lidar com seus estranhos dons os quais a tornam uma domadora de sombras e luzes. Lembranças de sua infância voltam para perturbá-la, os fantasmas nunca parecem dar trégua e os desafios se tornam cada vez maiores. Lucy sempre sonhou viver uma aventura e quando se vê diante dela, a questão que prevalece é: será que realmente vale a pena tomar decisões erradas para abraçar o seu destino? Descubra ao lado de Lucy o desfecho dessa história emocionante que promete arrancar o fôlego dos leitores.

Tudo começa numa noite chuvosa de outono quando uma pessoa encapuzada deixa uma cesta com duas crianças na porta de um orfanato. A dona do local é Annabeth, uma senhorinha bem ranzinza e mau humorada que ao ver a cesta já começa a resmungar. Quando vê as duas crianças lá dentro, percebe que são duas meninas e que uma delas aparenta estar bem mais saudável e melhor tratada que a outra. Annabeth dá o nome de Sophie à criança saudável e de Lucy à menina doente.

Annabeth acreditava que logo Sophie seria adotada, mas não foi isso que aconteceu. Os anos se passaram e ninguém teve interesse em uma das irmãs, e Annabeth com todo o seu mau humor teve de criar as meninas, mas sempre deixando claro sua preferência por Sophie.

Nesse começo do livro também conhecemos Emily, a sobrinha de Annabeth que tem um coração completamente diferente do da tia. Ela protege Lucy de todas as formas que consegue e sempre tenta livrar a amiga das broncas da tia.

O tempo passa e um dia dois homens misteriosos aparecem em busca de uma garota que vive no orfanato e as coisas começam a ficar bem tensas por lá.

A autora me enviou as 17 primeiras páginas do livro e nesse curto período gostei, me decepcionei, fiquei com raiva, mas depois compreendi, fiquei indignada, mas deixei passar, me surpreendi, senti compaixão, gostei, fiquei apreensiva e por fim curiosa. Sim, curiosa porque acabou bem naquela parte que você pensa: não, espera! Não acaba agora!!! Justo agora! E depois pensei que se já senti tudo isso com 17 páginas imagine o que me aguarda no decorrer do livro? Vamos torcer para não dar um pife no coração, levando em consideração que a Gabrielle me alertou pra uma relação de amor e ódio, haha! 

Eu estou super ansiosa pra saber o que vai acontecer com a Lucy e a Sophie. E você? O livro está em pré – venda pela editora e será enviado em até 15 dias úteis após o término. Aproveita porque nesse período o livro está na promoção com 18% de desconto 😉

Link para a compra de O Destino das Sombras: http://www.arwenstore.com.br/o-destino-das-sombras-pre-venda

 

 

 

Resenha: A Playlist de Hayden

Oi, leitores ❤ No ano passado a Editora Novo Conceito me enviou uma prévia do livro A Playlist de Hayden para que eu fizesse minhas primeiras impressões do livro. Pouco tempo depois eles me enviaram a versão completa do livro e fui enrolando, enrolando e acabei não fazendo uma resenha. Então estou aqui, antes tarde do que nunca pra dar minha opinião sobre a história. Como já fiz primeiras impressões (clique aqui) e já contei bastante sobre a história, vou focar esse post apenas na minha opinião e no que eu senti! 😉

11081590_744849918964993_1985120287_n 11101775_744849912298327_1041177055_n

  • Autora: Michelle Falkoff
  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 283

Eu gostei muito do material da capa. É quase fofinho, sabe? Parece muito o material da capa de Morte Súbita da J.K. Rowling , se não for igual. A arte também ficou linda e eu amei a frase no topo da capa: Você nunca conhece uma pessoa até ouvir o que ela gosta.

O livro é narrado pelo Sam, o amigo de Hayden – que cometeu suicídio e deixou uma playlist misteriosa para Sam – . Sam tenta descobrir o que aconteceu com Hayden baseado na playlist que ele deixou e tenta descobrir o envolvimento que o amigo tinha com certas pessoas que vão aparecendo durante a narração.

A história é intrigante pois o tempo todo o leitor tenta descobrir junto com Sam o que aconteceu com Hayden.

E o final é SURPREENDENTE!! A história faz uma reviravolta impressionante e quando você vê, aquela pessoa que você odiava já não parece tão má. Quando o livro terminou o que eu mais queria era entrar na história e abraçar todo mundo… e dar uns socos em outras pessoas, haha! 

Gostei muito da escrita da Michelle. Mesmo se tratando de um tema tão delicado, a escrita é leve.

É uma história que me fez refletir por dias a fio e sempre me deixa quieta quando lembro dela. Me faz pensar na quantidade de pessoas que já fizeram a mesma coisa que o Hayden e tudo que elas precisavam era compreensão. Me faz pensar na quantidade de pessoas que estão passando por isso agora. Me faz pensar nas brincadeiras maldosas que muitos fazem sem saber o quanto aquilo está ferindo o outro. Me faz pensar que as pessoas podem ser cruéis a ponto de destruir a vida de alguém apenas com palavras. E me faz pensar que muita coisa poderia ser diferente se alguém apenas ouvisse e tivesse empatia.

EMPATIA! Essa é a palavra. Está faltando empatia nos corações das pessoas. E A Playlist de Hayden é um ótimo livro pra despertar esse sentimento e essa consciência de que palavras podem ferir mais que atitudes.

O livro é sensacional e acho que todas as pessoas deveriam ler, não importa a idade. Inclusive os pais que muita das vezes sufoca os filhos por causa dos sonhos que eles sonharam/sonham.

E você, já leu A Playlist de Hayden? Me conta o que achou!

Sobre o autor: George R. R. Martin

Oi, leitores! ❤ Aqui no blog tá rolando resenhas dos livros da série As Crônicas de Gelo e Fogo do George R. R. Martin. Já fiz de A Guerra dos Tronos e A Fúria dos Reis e no próximo domingo vai ter A Tormenta de Espadas. Eu já li A Morte da Luz, o primeiro livro do George, e quero muito ler Sonho Febril, que eu já tenho aqui em casa. Tanto George na minha vida que resolvi pesquisar sobre a vida dele e acabei descobrindo muita coisa.

  1. George Raymond Richard Martin, nasceu em Bayonne no dia 20 de setembro de 1948 (67 anos)
  2. George acrescentou o ‘Richard’ ao nome durante sua adolescência
  3. Ele veio de origem humilde e viveu a maior parte de sua infância em casas construídas pelo governo.
  4. Em 1970, GRRM se formou em jornalismo e em 1971 concluiu o mestrado na área.
  5. Ele começou a escrever contos de ficção científica no início da década de 1970 e lançou seu primeiro livro, A Morte da Luz, em 1977.
  6. Em 1991, Martin começa a escrever o primeiro livro da série As Crônicas de Gelo e Fogo, que foi inspirada na Guerra das Rosas e em Ivanhoé.
  7. Em 1996, A Guerra dos Tronos – primeiro volume – foi lançado.
  8. Em 2007 a HBO comprou os direitos de adaptação da série e a primeira temporada estreou em abril de 2011.
  9. George confirmou que haverá mais dois livros para completar As Crônicas de Gelo e Fogo. Totalizando assim, 7 livros.
  10. The Winds of Winter é o nome do sexto livro da série e não tem previsão de lançamento.
  11. A Dream of Spring é o nome do sétimo livro.
  12. George já foi diretor de um torneio de xadrez.
  13. Ele coleciona miniaturas com temas medievais, livros e quadrinhos.
  14. Em fevereiro de 2011 ele se casou com Parris McBride. As alianças do casal foram inspiradas em aneis célticos

Ah, quem vê essa carinha nem pensa que ele é um assassino sanguinário de personagens, não é mesmo?

Espero que tenham gostado! Se souber de mais alguma coisa legal sobre ele, deixe aqui nos comentário 😉